Guarda Municipal

Guarda Municipal

sábado, 9 de janeiro de 2016

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES. GCMA / GBEL

EQUIPE DA RONDAN - Ronda de Ananindeua, junto com a ZPAC - Zona de policiamento de aproximação cidadã, fizeram mais uma missão bem sucedida. Logo apos um assalto a um sorveteria, um agente da GBEL, solicitou apoio, e logo apos algumas perseguições, o meliante foi preso.
RONDAN / ZPAC
GCMA / GBEL

RONDAN recupera entorpecentes e Traficante é morto com vários disparos.


video video


Um traficante foi assassinado na tarde desta quarta-feira (06), no Conjunto Guajará I, em Ananindeua. 

A vítima ficou com o rosto desfigurado, depois de ter sido atingido por vários disparos de arma de fogo. O homem foi inicialmente identificado como Jaime Orlando Martins, 35 anos, mas o nome ainda será analisado pela policia. Ele estava acompanhado de uma adolescente de 17 anos. 

O casal estava em um táxi e iria deixar uma grande quantidade de droga no bairro, mas os assassinos já estavam aguardando por eles. Um taxista também foi baleado e permanece internado no Hospital Metropolitano.  

Ao todo, foram apreendidos 750 papelotes de pasta base, que ainda passaria por processo de refino. 

O entorpecente é avaliado em R$ 15 mil aproximadamente.




O crime ocorreu por volta das 16h. Uma equipe da RONDAN - Grupamento Especializado da Guarda Civil Municipal de Ananindeua realizava rondas no bairro, quando viu a população correr assustada. ‘Nós chegamos minutos após os disparos. Nos deparamos com a vítima no chão, já sem vida e vimos que o taxista precisava de atendimento médico. Dentro do veículo encontramos as drogas’, explica o GCMA MAIA, da RONDAN. O homicídio ocorreu na WE 57. Os moradores estavam assustados no local. Uma testemunha, que prefere não se identificar, afirma que se preparava para sair de casa, quando viu o homem ser assassinado. ‘Foi uma cena horrível. Eram dois homens, foram embora a pé, para a rua de trás. Eu estava abrindo o portão, e voltei rapidamente correndo para dentro de casa. Eu os vi de costas apenas, mas pareciam ser bem jovens. Adolescentes. Os dois atiraram nele, mesmo depois dele estar caído no chão", relembra.
A equipe de policiais civis da Unidade Integrada Pro-Paz do Icuí-Guajará irá comandar as investigações sobre o crime. O chefe de operações, o investigador Carlos Moreira, afirma uma adolescente de 17 anos acompanhava a vítima. Ela revelou a polícia que a carteira de identidade com o nome de Sergio Camilo F. dos Santos, era falsa. E que o nome verdadeiro da vítima é Jaime Orlando Martins e ele tinha 35 anos de idade. A jovem também portava documentos falsos.  Os nomes serão analisados pela polícia.

A jovem revelou à polícia que Jaime era fornecedor de drogas. Eles sempre realizavam a entrega de drogas em diferentes bairros, mas o casal nunca havia feito entrega no bairro do Guajará. Os dois sempre realizam a distribuição da droga em um táxi. Quando chegou ao destino, a vítima mandou a adolescente descer do carro e ver se tinha alguém na esquina. Ela obedeceu e em seguida, dois homens armados se aproximaram e efetuaram vários disparos no veículo. Jaime saiu do carro e tentou correr, mas foi morto. O taxista, identificado como João Ferreira de Oliveira, 74 anos, foi ferido. O idoso foi levado para o Hospital Metropolitano, onde permanece internado. Ele foi atingido por um tiro no quadril.

Traficante é assassinado com 20 tiros no Guajará (Foto: Celso Rodrigues/Diário do Pará)

Jaime foi atingido por vários disparos de pistola, a maioria no rosto. "Ele está desfigurado. Foi pistola, pois recolhemos os estojos que ficaram no chão. Em relação ao taxista, nós acreditamos que ele não tem qualquer envolvimento. Ele forneceu o local onde ele apanhou o casal. E uma equipe já foi até lá para iniciar as investigações", explica o investigador Moreira. A casa da vítima está localizada no conjunto Valparaíso. 

Hoje à tarde a polícia procurava o ponto de entrega da droga, provavelmente localizado na rua em que a vítima foi morta. Na UIPP, enquanto estava sendo prestando depoimento à polícia, o celular da adolescente tocou. Do outro lado da linha, um homem fez ameaças: 'Você sabe muito bem quem é, e se abrir a boca, será a próxima'. A adolescente afirma não saber nada sobre a identidade dos assassinos.  

Aniversário de ANANINDEUA 72 ANOS - Escolta da BANDA X CALYPSO


Cirio 2015 - NOVO FARDAMENTO